auditoria logística

Qual a importância da auditoria logística para sua empresa

Por mais que o objetivo de todo gestor seja sempre o aperfeiçoamento logístico, em razão da intensidade diária da sua rotina, nem sempre é possível identificar os pontos de necessidade e suas respectivas de melhorias. Por essa razão, estratégias como a auditoria logística devem sempre fazer parte do planejamento da sua empresa.

O fato é que sem uma ação exclusiva para avaliação e estudo das atividades dentro do setor, é praticamente impossível obter um crescimento real em termos de produtividade e qualidade logística. É preciso um levantamento minucioso de informações para que as mudanças tragam um impacto real e um crescimento em médio prazo.

Pensando nessa busca contínua pelo aperfeiçoamento e todos os desafios que ela pode trazer para você, neste artigo falaremos sobre a auditoria logística, uma estratégia que pode facilitar bastante a sua gestão dentro do setor logístico. Confira.

Boa leitura!

O que é auditoria logística?

No nosso dicionário, auditoria está denominada como a análise das atividades exercidas por uma empresa a fim de avaliar o funcionamento do processo e se ele está de acordo com as normas definidas pelos órgãos responsáveis.

A auditoria logística se encaixa perfeitamente dentro deste conceito, com o adendo de se tratar de um setor específico.

Na auditoria logística, o seu departamento é analisado e os pontos de melhoria são levantados para que você saiba exatamente o que não está funcionando e o que não está alcançando os resultados esperados no início do planejamento.

Claro, o papel da estratégia é detalhar a situação como um todo. A iniciativa que você tomará a partir das informações obtidas é que determinará se a auditoria foi útil para a sua empresa.

O que é avaliado durante a auditoria logística?

A auditoria logística pode avaliar o seu setor por completo, sendo assim, diferentes equipes e atividades entram no raio de ação da estratégia.

Porém, é possível realizá-la de forma mais centralizada, por exemplo, analisando o desempenho de parceiros como fornecedores e transportadoras. Neste caso, entre outras coisas, são auditados pontos como:

  • Precisão na entrega das mercadorias;
  • Tempo de entrada do pedido.
  • Cumprimento de prazos;
  • Nível de armazenamento;
  • Planos de distribuição;
  • Rastreamento.

Já se o intuito for avaliar o nível do relacionamento do setor logístico com o cliente, é importante auditar fatores como:

  • Taxa de resolução dos problemas;
  • Taxa de atendimento do pedido;
  • Grau de satisfação do cliente;
  • Qualidade do marketing.

Como funciona a auditoria logística?

Todos os pontos citados no tópico anterior podem ser auditados a partir de dois tipos de auditoria: interna e externa. Na interna, todo o processo é feito pelos próprios funcionários da sua empresa, que passam por um treinamento para serem capaz de identificar pontos de melhoria com total isenção.

Na externa, logicamente, a ação já é desenvolvida por uma empresa parceira. Uma especialista em auditoria logística que aplica a estratégia e repassa as informações detalhadas ao seu negócio.

Porém, independentemente do modelo escolhido, alguns fatores são inerentes à auditoria logística:

  • Avaliações qualitativas e quantitativas
  • Detalhamento de tarefas e do fluxo;
  • Simulações de correções;
  • Avaliação de recursos;
  • Análise de custos.

Quais as vantagens da auditoria logística?

É claro que todo esse trabalho de estudo e análise realizado em uma auditoria logística traz benefícios interessantes para a sua empresa. Confira, abaixo, alguns dos principais.

Aperfeiçoamento contínuo

O primeiro e mais importante benefício da auditoria logística é o aperfeiçoamento que ele possibilita ao setor. Afinal, ao apontar as falhas de maneira direta, a estratégia permite que você faça as correções e desenvolva a logística de maneira eficiente e nivelada.

Facilita a tomada de decisões

Como abordado na introdução: não é que você, enquanto gestor, não consiga enxergar algumas falhas no dia a dia, a dificuldade é fazer isso de forma precisa tendo que executar diversas outras atividades ao mesmo tempo.

A auditoria logística já muda essa situação, pois ela traz a segurança que você precisa para tomar as decisões importantes em relação a mudanças e intervenções. Basicamente, saem o achismo e as escolhas aleatórias e entram as decisões analíticas.

Redução de gastos

Embora a logística seja sim um setor custoso, muito investimento financeiro é desperdiçado nas falhas e retrabalhos que ocorrem diariamente. Mas, a partir do trabalho da auditoria logística, essa “torneira” tende a ser minimizada ou mesmo fechada de vez.

Em médio prazo, a tendência é que a sua empresa comece a sentir uma condição financeira mais saudável dentro do setor.

Enfim, a auditoria logística traz para você um cenário que não é tão perceptível na intensa rotina da sua empresa. A partir dela a sua logística passa a contar com as informações que precisa para crescer e se tornar sustentável em termos de produtividade e qualidade. Mas, lembre-se: a estratégia só é capaz de resultar em boas vantagens quando você utiliza os dados obtidos de forma correta.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e entenda mais sobre a importância da logística sustentável.

vendas e logística ecommerce

Vendas no E-Commerce: Entenda a relação da tecnologia e experiência

Enquanto a maior parte dos setores do mercado sofreu com a pandemia do Coronavírus, as vendas no e-commerce apresentaram um crescimento considerável no ano de 2020. Segundo pesquisa da Worldpay from FIS, o setor aumentou o seu volume de negociações em quase 75%.

O mesmo estudo concluiu que em 2024, as vendas no e-commerce atingirão um faturamento próximo a 315 bilhões de reais. Números impressionantes, mas que, segundo especialistas, não podem ser interpretados de maneira equivocada.

Para os especialistas, o cenário favorável pode passar a impressão de que basta abrir um comércio virtual para vender altas quantias mensalmente. Um ledo engano. Segundo eles, bons números de vendas no e-commerce estão ligados à experiência que você entrega ao cliente e nas inovações disponibilizadas no dia a dia.

Quer entender mais sobre o assunto? Então, continue lendo e saiba como a tecnologia e a experiência do cliente impactam nas vendas do seu e-commerce.

Boa leitura!

Por que sem trabalhar a experiência do cliente as vendas no e-commerce tendem a ser baixas?

Os números de vendas no e-commerce nos últimos anos são realmente impressionantes, não há como negar. Se em um passado recente as lojas virtuais eram vistas apenas como suporte para os estabelecimentos físicos, hoje elas já representam quase metade do lucro de muitas empresas.

No entanto, contar com um e-commerce não é garantia de aumento de venda. Afinal, o atual e cenário positivo não aconteceu de forma aleatória. Além de ser impulsionado pelas consequências impostas pela pandemia, como fechamento obrigatório das lojas físicas, o aumento das vendas no e-commerce foi fruto de um trabalho bem construído pelas empresas.

O customer experience (experiência do cliente) foi estrategicamente trabalhada nesse período, com as marcas investindo na melhoria de fatores que impactam diretamente na experiência dos consumidores, como logística, tecnologia, atendimento, entre outros.

Por exemplo, segundo o Procon, o atraso na entrega das mercadorias é a principal reclamação dos clientes em relação às lojas virtuais. As empresas que não trabalharam esse fator, certamente não conseguiram faturar bem neste período.

Por outro lado, aquelas que identificaram a dificuldade e trabalharam para garantir uma experiência completa para os seus clientes, sem dúvida, não só aumentaram o lucro, como também impulsionaram a taxa de fidelização de usuários.

Quais os pilares das vendas no e-commerce?

Para aumentar as vendas no e-commerce, você precisar trabalhar os 5 pilares que sustentam esse tipo de negócio, são eles: Tecnologia, Serviço de Atendimento, Pagamento, Logística, Marketing Digital. Todos devem funcionar dentro do mesmo padrão, do contrário, dificilmente a sua loja atingirá bons patamares. Vamos conhecê-los em detalhes.

Tecnologia

A relação da tecnologia com a experiência do cliente no e-commerce é bastante óbvia, afinal, sem um suporte adequado que coloque o site no ar e ofereça as funcionalidades necessárias, o usuário sequer conseguirá acessar a loja virtual.

Porém, para se destacar não adianta oferecer o básico. Manter o site estável é obrigação, você também precisa investir em soluções que facilitem a navegação e otimizem outras etapas importantes como separação de pedido e rastreio de mercadoria.

Serviço de Atendimento ao Consumidor

O que é um e-commerce sem um bom serviço de atendimento? Apenas um site aleatório, não é mesmo? É a interação que você oferece e a agilidade nas respostas que trazem a perspectiva do cliente em relação à sua loja virtual.

Diferentemente do que muitos podem pensar, o Serviço de Atendimento ao Consumidor deve ser o ponto alto de e-commerce, até mesmo para passar confiança e credibilidade ao consumidor no momento da compra.

Pagamento

Imagine passar por toda jornada de compra e, na hora do pagamento, você simplesmente não conseguir finalizar o processo. Por incrível que pareça, muitos clientes ainda passam por isso em algumas lojas virtuais. Justamente no momento mais importante para o e-commerce, a empresa não consegue facilitar a vida do consumidor.

É por isso que o “Pagamento” é um dos pilares de toda loja virtual e deve sempre estar em pauta para melhoria. É preciso ter em mente que esta etapa deve ser simples, estável e transparente.

Logística

A logística é o braço forte do e-commerce, pois sem ela é impossível realizar processos como compra, venda e distribuição. E, como vimos, ela também é capaz de resolver algumas das principais reclamações dos clientes de lojas virtuais, como atrasos e trocas dos produtos.

Nesse sentido, cabe a você garantir a participação de parceiros especialistas na execução das etapas logísticas. Coleta, troca, distribuição, embalagem, entre outros: toda operação precisa estar em alto padrão de qualidade.

Marketing Digital

Não é porque você tem uma loja na internet que surgirão clientes de forma mágica. Você precisa apresentar a sua marca e atrair um público qualificado para a sua loja. E, isso, é possível através do Marketing Digital.

O Marketing Digital é o trabalho de comunicação que você realiza para atrair e fidelizar clientes. Ações em redes sociais, sites, blogs, e-mails são algumas das iniciativas que o seu e-commerce tomará a partir do Marketing Digital para atração de público. Quanto maior o volume de visitas no site, maior tende a ser o número de vendas.

Enfim, considerando esses pilares e fazendo a sua parte para otimizá-los diariamente, a tendência é de crescimento nas vendas no e-commerce. O cenário é favorável, e você precisa fazer a sua parte para aproveitá-lo o máximo possível.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e conheça agora 3 tendência para o e-commerce no pós-pandemia.

logística verde e-commerce

Logística sustentável: O diferencial competitivo para e-commerces

Se no passado temas como a logística sustentável eram pouco discutidos, hoje a realidade é bem diferente. O conceito de sustentabilidade está em voga, e os empreendedores de e-commerce estão sendo cada vez mais cobrados por uma atuação mais firme em relação ao tema.

Um estudo feito pela consultoria Grant Thornton Brasil, por exemplo, indicou que grande parte do empresariado brasileiro define como essencial o trabalho de políticas e indicadores Ambientais, Sociais e de Governança (ESG) nos negócios atualmente.

Para eles, esse tipo de visão traz maior credibilidade para as empresas e ajuda na fidelização de clientes. É uma pauta que não pode mais ficar fora dos planos de proprietários e gestores.

Mas, o que é a logística sustentável? Qual a sua importância? E quais são as vantagens de trabalhá-la no seu e-commerce? Para responder essas e outras perguntas, preparamos este artigo especial sobre o assunto. Confira.

Boa leitura!

O que é logística sustentável e qual a sua importância?

A logística sustentável é um tema relativamente novo, pois, ainda que a discussão sobre o papel das empresas na sociedade seja antiga, somente nos anos recentes a questão da sustentabilidade se tornou realmente relevante.

Basicamente, o conceito defende um equilíbrio do trabalho da logística, em que as empresas consigam, ao mesmo tempo, otimizar os processos e corresponder às expectativas dos clientes, e evitar o desperdício de recursos a fim de diminuir os impactos ambientais.

Em outras palavras, a logística sustentável é aquela que tem a sua rotina de trabalho calcada nas políticas e indicadores Ambientais, Sociais e de Governança (ESG). Um conceito desafiador para as empresas, mas de suma importância no nosso momento atual.

A relevância da logística sustentável pode ser entendida justamente pela pesquisa realizada pela consultoria Grant Thornton Brasil. Muito além das questões ambientais, que são de grande importância, o conceito sustentável é extremamente bem-visto pelo cliente atual.

Em tempos de redes sociais e fácil e acesso à informação, o cliente passou a exigir outros fatores além do preço em relação aos produtos e serviços das empresas. Marcas que não se posicionam e não demonstram um trabalho mais sério em termos de sustentabilidade, acabam sendo preteridas por outras que caminham na direção oposta.

Ao trabalhar a logística sustentável, o seu e-commerce consegue:

  • Diminuir o impacto financeiro do desperdício de materiais;
  • Maior credibilidade junto ao mercado e clientes;
  • Amenizar os impactos ambientais.

Como o seu e-commerce pode implementar a logística sustentável?

Por ganhar cada vez mais espaço, batendo recordes de lucro anualmente, o setor de e-commerce também vem sendo cobrado por uma atuação mais firme na pauta de sustentabilidade. O mercado pede que a ideia do “virtual” não impeça que as marcas façam a sua parte para diminuir o impacto do seu trabalho no mundo real.

Mas, como o seu e-commerce pode implementar a logística sustentável? Confira as nossas dicas.

Inclua no planejamento da empresa

O primeiro passo para trabalhar a logística sustentável é garantir que ela não fique só na teoria e seja incluída, de fato, no planejamento do e-commerce. Isso significa que metas precisam ser definidas com antecedência e cronogramas criados com alinhamento ao sustentável.

Garanta a participação de todos

Uma grande mudança no modus operandi do seu e-commerce não acontecerá de maneira real sem a participação de todos. Os líderes de equipe precisam entender bem sobre o tema e mostrar aos demais a importância de trabalhá-lo no dia a dia.

Além disso, ainda que seja um e-commerce de médio porte, é interessante trabalhar informativos reforçando a mensagem sobre a sustentabilidade – podendo ser virtuais mesmo, como e-mail, mensagens por aplicativo etc.

Invista em embalagens inteligentes

Um dos principais resíduos sólidos que a maior parte dos e-commerces gera é a embalagem. Plásticos, papelão, vidro, entre outros: muito material que acaba não sendo aproveitado e para indevidamente na natureza.

Além de um trabalho sério com a logística reversa, uma forma de diminuir esse impacto negativo é trabalhando com embalagens inteligentes, itens recicláveis e retornáveis que facilitem a coleta e ainda incentivem o consumidor a fazer a devolução.

Conte com uma transportadora especialista

O trabalho para uma logística sustentável deve começar no seu e-commerce e apresentar continuidade com os seus parceiros, principalmente com a transportadora.

O principal player que faz a coleta e a distribuição das suas mercadorias precisa estar alinhado com o conceito de sustentabilidade, trabalhando dentro das mesmas metas e investindo em ações para a otimização do transporte, por exemplo:

  • elaboração de rotas mais eficientes;
  • manutenção correta dos veículos;
  • treinamento da mão de obra.

O seu dever é encontrar o parceiro mais adequado nesse sentido, garantindo que a mudança em toda operação logística seja real.

Enfim, esses foram os pontos mais importantes sobre a logística sustentável. Tenha em mente que se trata de um fator extremamente relevante para o mercado e clientes, por isso, ainda que demande algumas mudanças por parte do seu e-commerce, os benefícios em médio prazo tendem a ser bem interessantes para a sua marca.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e saiba agora como preparar a logística da sua empresa para datas comemorativas.