como receber mercadoria no galpão

Como receber mercadorias do jeito certo e evitar prejuízos

Uma operação logística é composta por diversos processos que precisam ser executados com o mesmo nível de qualidade. Cada etapa tem a sua importância e tudo começa com a recepção da carga. Até por isso, a sua equipe precisa estar preparada e conhecer as melhores práticas de como receber mercadorias com eficiência.

Ainda que pareça algo simples, muitas empresas acabam tendo dificuldades em etapas subsequentes justamente por não se atentarem aos detalhes durante o recebimento inicial da carga.

Então, para você não correr esse tipo de risco, preparamos este artigo com algumas ótimas dicas de como receber mercadorias com qualidade. Continue com a gente e confira.

Boa leitura!

Faça um checklist de como receber mercadorias

Há um ditado popular que diz “Quando você organiza tudo, nada se desorganiza”. É uma ideia simples, mas enfatiza o quanto é importante você se preparar previamente para todo tipo de situação.

Por isso, vale muito a pena criar um checklist de como receber mercadorias. Afinal, sem um direcionamento pré-definido, a equipe acaba tendo que “improvisar” demais e, dificilmente, alcança os resultados esperados.

É importante não deixar passar nenhum detalhe e descrever o passo a passo de tudo. O segredo é ter o entendimento completo do processo, desde os fornecedores que entregam os insumos e mercadorias até a equipe que faz a recepção primária.

Confira algumas dicas de como montar o seu checklist:

  • faça a organização das mercadorias por categorias (valores, tamanhos, características semelhantes etc.);
  • repasse o modelo de recepção de mercadorias com os fornecedores;
  • durante o recebimento, avalie as condições dos itens e a quantidade;
  • verifique se há defeitos ou avarias;
  • recolha as notas fiscais.

Crie um cronograma de entrega de mercadorias

Além do checklist em que todos estarão preparados para receber os itens, é importante que você tenha um cronograma de entrega. Afinal, é preciso administrar corretamente o espaço disponível para armazenamento de itens na sua empresa.

Para não correr o risco de deixar a equipe de recepção em uma situação complicada, o seu cronograma deve alinhar as datas de entrega dos fornecedores considerando o que já está armazenado.

Outra equipe que deve estar ciente ou participar da criação desse planejamento é a de Compras, pois é o setor responsável pela aquisição de todas as mercadorias. Com o cronograma, a equipe pode, por exemplo, evitar adquirir uma remessa maior de um mesmo produto para não sobrecarregar o estoque.

Além disso, o setor de Compras será capaz de definir com os fornecedores as melhores datas de entrega, facilitando não só o trabalho da recepção, mas também dos responsáveis pelas outras etapas logísticas.

Faça integração de setores

Aproveite a participação da equipe de Compras já para fazer a integração dos demais setores envolvidos com a logística da empresa. Esse é o tipo de estratégia que traz ótimos benefícios em termos de agilidade e produtividade de serviço.

Na verdade, muitos outros desafios serão superados quando a integração de setores é aplicada de maneira correta. A logística, por exemplo, consegue combinar vários pontos para criar um planejamento completo de recebimento, compra, venda e envio.

Além disso, a integração permite que informações importantes sejam obtidas de forma instantânea. Atrasos, compras interrompidas, gastos acima da média, agenda de entrega, entre outros: tudo compartilhado com as equipes que são impactadas de alguma forma.

Uma ótima maneira de garantir esse nível de integração é investindo em tecnologia inteligente. Ou seja, softwares de gestão (ERP) que cubram os principais setores da sua empresa e mantenham todos informados sobre o andamento dos processos.

Garanta uma equipe bem preparada

Todas as dicas até aqui serão importantes para você entender como receber mercadorias de forma bem-sucedida. Porém, a verdade é que a melhor das estratégias não irá funcionar se você não tiver uma equipe bem preparada.

Por isso, vale a pena focar atenção também na mão de obra logística e identificar o que pode ser feito em termos de treinamento e aprimoramento. É importante não só fazer uma análise artificial, mas também realizar apresentações detalhadas sobre os processos, entendendo de forma real as dúvidas de cada membro da equipe.

Tenha em mente que profissionais qualificados trabalham de forma estratégica e analítica. Invista nisso. Como resultado, certamente você terá um ganho de produtividade e qualidade.

Enfim, esperamos que essas dicas ajudem você a criar uma ótima estratégia de como receber mercadorias. Mas, vale reforçar que além de checklists e treinamentos internos, é necessário trabalhar com parceiros que sigam a mesma filosofia de organização e eficiência. Fornecedores e transportadores precisam estar alinhados com o padrão de qualidade da sua empresa.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e entenda agora o que é uma solução intralogística.

dicas combustível caminhão

Frota: Como economizar combustível em 2022

Quem conta com uma frota de veículos hoje em dia, seja grande ou pequena, certamente tem como uma das grandes preocupações a economia de combustível. Em razão dos seguidos aumentos, o gasto com este item tão importante na logística cresceu de forma desordenada.

É claro que se trata de um fator macroambiente, em que você só pode se adaptar e não interferir. Mas, com algumas boas práticas, é possível, pelo menos, minimizar os gastos.

Confira, a seguir, as dicas que preparamos para você economizar combustível em 2022.

Boa leitura!

Por que economizar combustível é tão importante para a frota e para a sua empresa?

Muito além da obviedade do custo-benefício, a economia de combustível é um fator que impacta diretamente na sua empresa, na frota de veículos e no mercado como um tempo.

Uma operação logística já envolve um número considerável de gastos. Impostos, seguros, frete, entre outros, são valores que o gestor precisa arcar para realizar um processo logístico básico. E muitos deles são afetados pelo preço combustível. Quanto mais alto este item, mais cara tende a ser a operação logística.

Quando a sua empresa trabalha com frota própria a situação fica ainda mais complicada. Além dos gastos rotineiros, você precisa se preocupar com questões como manutenção, documentação, contratação de pessoal e, logicamente, o combustível.

Em resumo, é um ciclo em que todos são afetados e a sua empresa acaba vendo os lucros diminuírem ou ficarem abaixo das expectativas.

Como economizar combustível em 2022?

Como vimos, economizar combustível pode impactar não só a sua empresa, mas o setor como um todo. E com os recentes aumentos que vêm acontecendo no nosso país, é mais do que necessário você definir boas práticas de uso para 2022.

Então, confira as nossas dicas de como economizar combustível neste ano.

Não ultrapasse o limite de carga dos veículos

Você conhece o ditado “O barato sai caro”? Pois é exatamente isso que acontece quando você ultrapassa o limite de carga dos veículos de transporte. No intuito de faturar mais ou “agilizar” um processo, você acaba tomando uma atitude que pode acarretar em diversos prejuízos.

Além do aumento notável do combustível, em razão do maior esforço que o veículo fará ao longo do caminho, ultrapassar o limite de carga permitido é ilegal e pode acarretar em multa ou apreensão caso o veículo seja parado em uma fiscalização.

Outro ponto é que as peças acabam sofrendo muito mais, o que pode resultar na diminuição da vida útil de componentes e sistemas.

Mantenha a manutenção em dia

Uma frota é composta por grandes veículos de transporte que, por sua vez, são formados por diferentes sistemas. Todos esses sistemas precisam funcionar em harmonia e dentro do mesmo padrão de eficiência. E, para garantir isso, é preciso manter a manutenção em dia.

Sempre que há um problema o motor tende a fazer mais força para manter o veículo em velocidade, puxando mais gasolina por consequência. E quando você não realiza a manutenção, corre o risco de passar um bom tempo gastando combustível a mais em saber.

A manutenção em dia não só impede que você gaste mais com combustível, como também ajuda a evitar gastos emergenciais de peças – o que, em geral, resulta em aumento de custos.

Defina rotas inteligentes

Claro que no final do processo, o importante é que a mercadoria chegue segura e dentro do prazo para o cliente. Porém, com uma boa estratégia, você é capaz de fazer isso e ainda economizar combustível.

Criando rotas inteligentes, por exemplo, a sua empresa consegue otimizar o tempo de transporte. Basicamente, você define caminhos que facilitem a movimentação do veículo. Locais como:

  • Estradas com melhor pavimentação e iluminação;
  • Estradas com baixo índice de roubos e furtos;
  • Estradas com sinalização correta.

Com isso, você garante que o processo aconteça com menores possibilidades de atrasos e contratempos. E quanto mais a operação ocorrer como previsto, menores são os gastos com combustível, peças etc.

Mantenha os pneus dos veículos calibrados

Essa é uma dica simples, mas, por incrível que pareça, é constantemente esquecida por gestores e motoristas no dia a dia. E, não se engane, a calibragem dos pneus tem tudo a ver com economia de combustível.

Com pneus murchos, mais uma vez, o motor acaba tendo que trabalhar dobrado, puxando mais combustível. Realizando a calibragem só uma vez por semana você já evita toda essa situação e foge de gastos desnecessários.

Mas, vale a atenção na hora da calibragem para a pressão nos pneus. Siga sempre a recomendação do fabricante para garantir uma calibragem adequada.

Além dessas dicas, vale a menção de que ao fechar a parceria com uma transportadora especializada, você não precisa se preocupar com a questão dos combustíveis. A empresa de transporte já conta com a própria frota e se responsabiliza por todos esses custos operacionais. Uma forma prática, inteligente e eficiente de economia.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e saiba agora o que é o seguro RCTR-C.

logística com propósito

Logística com Propósito em 2022: Como aplicar?

Há alguns anos, se alguém falasse sobre logística com propósito, certamente estaria se referindo a objetivos como lucros, redução de custos, eficiência no prazo de entrega, entre outros. Mas, em 2022, este conceito traz toda uma nova onda de significados.

Claro, as metas corriqueiras de qualquer empresa logística continuam. Os gestores e ainda precisam buscar lucros, reduzir gastos e melhorar a eficiência operacional. Porém, a sociedade hoje espera muito mais das empresas. Pautas que antes pareciam restritas a alguns setores já são consideradas pelos clientes na hora de fechar negócios dentro da logística.

Este é o “novo mundo”, em que a ideia de “fazer negócio a qualquer custo” já não é mais vista com bons olhos. Para uma empresa se destacar e se tornar preferência, precisa ir além do operacional, deve mostrar que os seus valores estão alinhados com os da sociedade.

Para você entender melhor sobre a logística com propósito e saber como aplicá-la na sua empresa, preparamos este artigo sobre o assunto. Confira.

Boa leitura!

O que é a logística com propósito em 2022?

Como dito, em 2022, trabalhar a logística com propósito é compreender que há aspectos e impactos a considerar que vão além dos lucros e metas operacionais. A ética, que muitas vezes é convenientemente ignorada no mundo dos negócios, deve estar presente em todas as decisões.

Pautas coletivas como a defesa do meio ambiente devem integrar planejamentos anuais e se tornarem objetivos de médio prazo.

Tudo isso traz como resultado maior credibilidade da marca, que passa a ser vista com bons olhos pelo mercado e, principalmente pelos clientes.

Em uma sociedade que cada vez mais cobra ações por parte das empresas, trabalhar com propósitos é sim um bom negócio.

Mas, como aplicar a logística com propósito na sua empresa?

Neste ponto, já deve estar claro o conceito e a importância da logística com propósito. Então, agora, é preciso entender como aplicá-la no dia a dia.

Confira as nossas dicas.

Conecte a sua empresa com as necessidades reais e atuais dos clientes

Uma forma real de trabalhar a logística com propósito é jamais deixar “o cliente na mão”. Porém, não se trata apenas de cumprir prazos, mas sim de garantir que necessidades reais sejam atendidas.

Por exemplo, se a sua logística atende a área farmacêutica, você deve trabalhar para que os remédios sempre cheguem da forma correta em hospitais, farmácias etc. Se atuação for com perecíveis alimentícios, que os supermercados estejam sempre abastecidos com os alimentos.

Dessa forma, a sua empresa garantirá que o cliente final não terá dificuldades em encontrar o que precisa no dia a dia.

Analise o tipo de impacto ambiental e social que a sua empresa causa

O compromisso com o desenvolvimento social e a defesa de pautas importantes para a proteção do meio ambiente são a base fundamental da logística com propósito. Se tratando de uma área que tem real participação no aumento da poluição, a preocupação nesse sentido deve ser contínua.

É preciso que a sua empresa invista em estudos sérios e análises sobre como é possível impactar cada vez menos na geração de resíduos, emissões de carbono e consumo de recursos.

Isso mostra que a marca foca além da questão comercial. Há uma preocupação real com a proteção do meio ambiente e, principalmente, com a saúde das pessoas.

Faça um trabalho de engajamento sobre pautas diversas junto a suas equipes

Além das questões ambientais, a logística com propósito visa a discussão de pautas que estão em voga na sociedade, mas que nem sempre foram consideradas dentro das empresas.

Pautas sobre gênero, raça, etnia, idade, credo, deficiência, entre outros, já não podem mais passar despercebidas por empresários e gestores. A igualdade plena é uma exigência forte da sociedade atual e o setor logístico não pode fugir disso.

Nesse sentido, vale a pena desenvolver trabalhos de engajamento para o entendimento dessas questões junto às equipes internas e externas da sua empresa.

Enfim, o que você deve ter em mente é que a logística com propósito se torna um diferencial quando ela está alinhada com as necessidades e as pautas atuais da sociedade. E não basta apenas conhecê-las ou entendê-las, é preciso trabalhar para que o setor corresponda de maneira real, aliando eficiência operacional com ética e valores.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e entenda agora a importância de escolher uma transportadora que conta com a certificação SMETA.