transporte dia dos namorados

Dia dos Namorados: Acelere suas vendas

Ainda que na grande mídia o Dia dos Namorados não receba tanto destaque quanto outros eventos do ano, como Natal e Ano Novo, para o Varejo, a data está no top 5 de importância em razão do volume de vendas.

Ficando atrás do próprio Natal e do Dia das Mães, o Dia dos Namorados rivaliza com a “Black Friday” em relevância para os empreendedores. Um cenário que só o reforça o quanto é preciso um trabalho mais bem desenvolvido para que a data seja um impulsionador no meio do ano para as empresas.

Pensando nisso, criamos este artigo para falar sobre a importância do Dia dos Namorados e trazer dicas de como você pode melhorar as suas vendas durante a data do mês de junho. Confira.

Boa leitura!

Qual a importância do Dia dos Namorados para o Varejo?

Como dito na introdução, o Dia dos Namorados é uma das datas que fazem o comércio “bombar” ano a ano. Em 2021, por exemplo, somente no comércio virtual, a comemoração apresentou um crescimento de 292,6% em receita, segundo o levantamento da especialista em pesquisa e-Bit.

O estudo ainda mostrou que apenas as transações com o cartão de crédito renderam para o comércio mais de R$ 3,3 bilhões em faturamento, o que representou um salto de 28% em relação ao ano anterior.

Números que ficam ainda mais impressionantes se considerarmos que nos últimos dois anos o mundo estava tentando se recuperar de uma grande crise. Ou seja, a importância do Dia dos Namorados se mostrou muito maior do que diversos gestores poderiam imaginar.

Como acelerar as suas vendas no Dia dos Namorados?

Tendo a certeza sobre a relevância do Dia dos Namorados, o passo seguinte é garantir que os seus números correspondam a todo o cenário positivo. Mas, para isso, é preciso agir de melhor maneira inteligente, afinal, a data é um bom chamariz, mas sem um trabalho consistente dificilmente você conseguirá extrair bons resultados.

Confira as nossas dicas de como garantir boas vendas no Dia dos Namorados.

Invista em presentes e ações específicas para o Dia dos Namorados

Se a data é especial, os produtos também devem ser. Na verdade, você deve fazer com que eles sejam especiais, ainda que sejam itens vendidos o ano todo. Para isso, vale recorrer às estratégias de atração e promoção.

Por exemplo, invista em uma pesquisa junto aos clientes para entender quais produtos são os mais buscados no Dia dos Namorados. Diante do resultado, destaque os itens mais citados através campanhas promocionais, montagem de kits, descontos etc.

São mercadorias buscadas por clientes que querem agradar à pessoa amada, a sua preparação deve seguir a mesma lógica, transformando os produtos em itens românticos e essenciais para o momento.

Garanta um estoque que atenda à demanda

Falamos sobre a importância de trabalhar os produtos para a data, mas a verdade é que a estratégia só será possível se você estiver com um estoque que atenda à demanda para o Dia dos Namorados.

Como você viu, o volume de vendas que antecede à data é muito alto, por isso não dá para arriscar com um estoque que flerte com a incerteza. Embora essa seja uma dica básica, a sua relevância é tão grande que vale a pena fixá-la junto a gestores e colaboradores.

Pegue o seu histórico dos 3 anos anteriores, se reúna com a equipe de Compras e os fornecedores e faça um grande planejamento para o Dia dos Namorados. Entenda as dificuldades de cada um e trabalhe para que todas sejam superadas ou amenizadas, garantindo um resultado interessante para todos os envolvidos.

Trabalhe para oferecer uma experiência completa

Um erro comum de muitos gestores em datas de grande volume é focar apenas na venda e negligenciar outras etapas da jornada do cliente. Uma falha que pode custar os lucros dos próximos anos.

Lembre-se, os clientes hoje buscam muito mais que uma compra barata, eles querem experiência. E mesmo aqueles que não entendem bem esse conceito, fazem comparações entre as marcas e acabam escolhendo aquelas que vão além da venda.

Então, para não correr riscos, aqui, vale uma análise detalhada de cada etapa, por exemplo:

  • avalie se a equipe de Atendimento está preparada para a data;
  • certifique-se de que o seu parceiro transportador tenha know how para entregas e coletas durante dias de alta demanda;
  • verifique se o serviço de pós-venda precisa de ajustes ou investimentos.

Enfim, seguindo essas dicas você certamente conseguirá alcançar bons resultados no período do Dia dos Namorados. Lembre-se: a data é para que os apaixonados fiquem ainda mais felizes presenteando seus amados, a sua empresa deve garantir que tudo continue dessa forma.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e confira como a liderança positiva é benéfica para a logística da sua empresa.

embalagens inteligentes

Embalagens Inteligentes: Entenda como elas funcionam

Em busca de sempre aperfeiçoarem os serviços oferecidos as clientes, ao mesmo tempo em que conseguem mitigar os custos operacionais, os profissionais logísticos trabalham constantemente no desenvolvimento de ideias cada vez mais eficientes e práticas. Um bom exemplo disso são as tão faladas embalagens inteligentes.

Trazendo um conceito inovador, esse tipo de embalagem não é chamada de “inteligente” à toa. Afinal, de uma vez só, ela resolve variadas dificuldades que todo gestor de logística já teve que enfrentar no seu dia a dia.

Mas e você, já ouviu falar das embalagens inteligentes? Quer saber como elas funcionam e quais as vantagens? Então, continue lendo e confira o nosso artigo completo sobre o assunto.

Boa leitura!

Afinal, o que são as embalagens inteligentes?

Uma das grandes dificuldades que o setor de alimentos e perecíveis ainda enfrenta hoje em dia é a perda de produtos por má conservação durante a operação logística. Mesmo sem avarias e trabalhando dentro da validade, as mercadorias acabam comprometidas em razão, por exemplo, de um armazenamento incorreto. E, muitas vezes, esse tipo problema só é notado quando a mercadoria chega ao cliente final.

É justamente para evitar que situações assim sejam comuns na logística de muitas empresas que soluções como as embalagens inteligentes são desenvolvidas e aplicadas no mercado.

De maneira simples, uma embalagem inteligente é um tipo de recipiente capaz de monitorar o estado de conservação de uma mercadoria durante uma operação logística. Por exemplo, durante o transporte ou o armazenamento, a embalagem consegue informar qual a situação real do produto.

Isso significa que o gestor consegue saber de fato o nível de conservação de um alimento sem precisar recorrer à data de validade ou à aparência física do produto.

Mas, como isso é possível?

Embalagens tradicionais funcionam como protetores das mercadorias, assegurando que o material interno não sofra algum tipo de dano ou deterioração devido ao manuseio ou a diferentes ações ambientais externas, tais como:

  • umidade;
  • luz solar;
  • sujeira;
  • poeira.

As embalagens inteligentes funcionam a partir desse princípio de proteção da mercadoria, mas incorporam inovações únicas que fazem da sua proteção um monitoramento completo. Basicamente, elas utilizam sensores que apontam, entre outras coisas, alterações na temperatura, crescimento bacteriano e comprometimento na qualidade do produto.

Além dessa contínua avaliação, as embalagens conseguem repassar todas as informações para o profissional de logística por meio de indicadores visuais.

Tudo isso é possível, pois as embalagens contam com alguns tipos de soluções tecnológicas, tais como:

Sensores na embalagem: capazes de controlar a temperatura, o prazo de vida útil do produto, a umidade ou o frescor etc.

Indicadores de dados: transdutores que convertem o sinal químico em informações visuais sobre o estado de conservação das mercadorias.

Etiquetas inteligentes: fornecem os dados básicos sobre o tipo de produto, como preço ou data em que foi embalado e o prazo de validade.

Quais as vantagens das embalagens inteligentes?

O uso das embalagens inteligentes é uma tendência que está ganhando cada vez mais força na logística mundial, e esse crescimento se deve principalmente pelas vantagens que esse tipo de inovação é capaz de trazer para as empresas.

Entre elas, podemos citar:

Maior eficiência logística: a partir das informações repassadas pelas embalagens, as equipes logísticas passam a ter mais segurança para desenvolver suas atividades no dia a dia, podendo até mesmo focar atenção em outras etapas que não estejam tão amparadas tecnologicamente;

Redução de custos: se você tem uma queda na taxa de desperdício e de perda de mercadoria em razão do monitoramento feito pelas embalagens inteligentes, logicamente, também tem uma redução nos custos da empresa. Na verdade, a médio prazo, a tendência é de aumento nos lucros;

Melhoria na experiência do cliente: como dito anteriormente, algumas falhas que ainda ocorrem hoje só são notadas quando o produto chega ao cliente final, comprometendo toda a experiência de compra. Graças às embalagens inteligentes, esses problemas podem ser resolvidos e os clientes passam a receber sempre um produto completo e de alta qualidade.

Enfim, sem dúvida, as embalagens inteligentes representam uma grande transformação para a logística e para muitos setores do mercado. Com tecnologia de ponta, a inovação é capaz de solucionar de vez diversos problemas e garantir um equilíbrio importante para as contas de muitos negócios.

Gostou de conhecer sobre as embalagens inteligentes? Continue no nosso blog e saiba agora como receber mercadorias do jeito certo e evitar prejuízos logísticos.

metaverso e logistica

Logística no Metaverso: Como ela vai funcionar?

O Metaverso é o conceito da vez. A mais nova ideia do dono do Facebook, Mark Zuckerberg, tem sido discutida por todo mundo corporativo e já é considerada por muitos como a criação que revolucionará todo o mercado. Mas, a pergunta que fazemos aqui é: A logística no Metaverso é possível?

Considerando tudo o que o empresário já construiu até hoje, difícil duvidar de que o Metaverso realmente não transforme conceitos e rompa barreiras em um futuro próximo. Mas, será que realmente essa nova realidade funcionará para todos os setores?

É exatamente sobre isso que falaremos a seguir. Continue lendo e entenda como funcionaria a logística no Metaverso.

Boa leitura!

O que é o Metaverso?

O Metaverso realmente pode ser um grande sucesso no futuro, mas o fato hoje é que muitas pessoas ainda não entendem bem o que é essa inovação, ainda que estejam ouvindo falar dela quase o tempo todo.

De maneira simples, o Metaverso é uma realidade no mundo virtual com infinitas possibilidades de criação. É algo que parte do conceito de realidade virtual que temos atualmente, porém com mais interatividade.

A ideia de Zuckerberg é que os usuários do Metaverso consigam realizar as mesmas tarefas que elas fazem no mundo real, com a diferença de que não precisem sequer sair de casa, por exemplo:

  • Compras em supermercados;
  • Reuniões de empresa;
  • Passeios em família;
  • Visita em lugares;
  • Dirigir.

E para as empresas, como seria o Metaverso?

Diante de todas as informações disponibilizadas até agora, podemos afirmar que as empresas são os maiores alvos do Metaverso. Isso porque, a nova “realidade” proposta por Mark Zuckeberg traz possibilidades que seriam muito caras ou até inviáveis para muitos negócios aplicarem no mundo real.

Comecemos pelo básico: reuniões. Claro, hoje elas já podem acontecer de maneira on-line, com cada participante em um lugar diferente. Porém, o Metaverso abre um novo leque quando se trata deste ponto tão usual em muitas empresas.

Dentro do Metaverso, as reuniões serão on-line, mas com uma realidade presencial. Por exemplo, com o cenário montado as pessoas poderão interagir, trocar documentos, entre outros, como se estivessem todas no mesmo lugar. É como se todos estivessem presentes, mas sem todo o transtorno do deslocamento real.

Além disso, no Metaverso é possível criar uma cópia fiel da sua empresa e realizar inúmeros testes sem precisar parar a rotina de trabalho. Com isso, podem ser analisados diferentes pontos, tais como:

  • Nível de qualidade;
  • Estrutura do local;
  • Produtividade;
  • Atendimento;
  • Produtos.

Logística no Metaverso: é possível?

Enfim, chegamos à pergunta “do milhão”. Afinal, dentro de um setor de alta produtividade e que demanda considerados investimentos como a Logística, a dúvida sobre a efetividade de uma realidade virtual é muito necessária.

Para responder a essa pergunta precisamos voltar à base e analisar uma rotina logística. No dia a dia, diversas etapas precisam ser cumpridas para que uma mercadoria saia do ponto A e seja entregue em perfeito estado e dentro do prazo no ponto B.

Como já vimos, a ideia do Metaverso é possibilitar que cenários reais sejam completamente reproduzidos dentro do mundo virtual. E é exatamente assim que a logística no Metaverso pode funcionar.

Veja bem, para que uma operação logística seja bem-sucedida é necessário que todos os processos estejam alinhados. Mas, como se certificar de que tudo está realmente alinhado se é praticamente impossível reunir colaboradores, fornecedores e demais equipes no mesmo local e executando suas atividades? O Metaverso é a resposta.

Assim como já fazem algumas montadoras, que testam seus produtos e o nível de produção no Metaverso, uma empresa logística, em um futuro próximo, poderá reproduzir sua operação antes de colocá-la em prática.

Com a logística no Metaverso, o gestor conseguirá recriar e participar de ambientes baseados em locais físicos, realizando um gerenciamento de uma forma que jamais foi possível. Da da sua sala, ele poderá avaliar:

  • nível de mercadorias extraviadas ou avariadas;
  • controle de entrada e saída de cargas;
  • despacho e conferência de materiais;
  • sistema de compra e venda,
  • armazenamento;
  • transporte;
  • entrega.

Diante disso, é possível afirmar de que o Metaverso conseguirá sim impactar positivamente a rotina logística de muitas empresas.

Enfim, para que processos como transporte, armazenamento, compras, entre outros, funcionem, você precisa se certificar de que tudo foi bem estudado e alinhado. Com a logística no Metaverso, você terá essa segurança e conseguirá, em curto prazo, melhorar os números da sua empresa.

Gostou de entender mais sobre o Metaverso na logística? Continue no nosso blog e confira como preparar a sua equipe logística ainda para esta Páscoa.

guerra ucrania

Guerra da Rússia x Ucrânia: Impactos na Logística

Depois da pandemia do Coronavírus, muitos acreditaram que demoraria um tempo para que o mundo tivesse que enfrentar uma nova grande crise. Porém, o início da Guerra da Rússia x Ucrânia mostrou que a situação ainda pode ficar bastante complicada.

Em relação à logística especificamente, os impactos da guerra podem ser iguais ou até maiores do que no período da pandemia. Por causa do aumento do combustível em razão da guerra, toda cadeia logística acaba sofrendo complicações. E isso pode ser só o começo.

Para explicar melhor os impactos da Guerra da Rússia x Ucrânia na logística, preparamos este artigo abordando pontos importantes sobre o assunto. Confira.

Boa leitura!

Panorama da guerra da Rússia x Ucrânia na logística mundial e brasileira

A guerra da Rússia x Ucrânia começou em 24 de fevereiro de 2022 e não demorou muito para que a logística mundial começasse a sentir os impactos do conflito.

A primeira grande mudança se deu na exportação de mercadorias, com grandes empresas de transporte marítimo suspendendo suas operações para portos da Rússia e da Ucrânia. Isso culminou na paralisação de alguns processos e no abarrotamento de outros portos próximos aos dois países.

No Brasil, por exemplo, dois dos cinco produtos mais exportados para a Rússia tiveram uma queda brusca na movimentação com mais de uma semana após o início do conflito: cargas de frango e contêineres de amendoim.

Além disso, as exportações logísticas no Brasil estão sendo afetadas pela posição de multinacionais que atuam com filiais no nosso país. É o caso, por exemplo, da Mercedes-Benz, que deixou de produzir motores para veículos pesados que eram vendidos aos russos e orientou à filial brasileira a seguir a mesma restrição.

Quais impactos ainda estão por vir com a Guerra da Rússia x Ucrânia na logística?

Com a incerteza sobre o final da guerra da Rússia x Ucrânia é possível avaliar que alguns outros impactos ainda estão por vir para a logística mundial. Na verdade, ainda que o final do conflito esteja próximo, algumas consequências certamente ainda afetarão países e empresas de qualquer forma.

Vamos entender quais impactos ainda podem vir resultantes da guerra.

Mais aumento no valor do combustível

Uma consequência que apareceu desde o início do conflito foi o aumento do preço do barril do petróleo. Com a Rússia sendo um dos maiores produtores de petróleo do mundo e sofrendo sanções de diversos países, a demanda pela commodity aumentou e, consequentemente, o seu preço.

A tendência é que, infelizmente, esse preço continue subindo em médio prazo, com o Brasil ainda tendo um agravante por causa da inflação. Em outras palavras, caminhoneiros e empresas tendem a encarar preços altos nas bombas de combustível por algum tempo.

Aumento do valor do frete

O aumento indiscriminado do combustível age como um grande efeito cascata dentro da logística, provocando consequências que impactam em diversos fatores, entre eles, o valor do frete.

Em outras palavras, a tendência em curto prazo é a oneração dos fretes pelo país. Afinal, como não é possível utilizar os veículos sem combustível, o gasto elevado acaba sendo repassado para o cliente final.

Para empresas que não podem ficar sem seus serviços logísticos, a melhor saída é contar com transportadoras especializadas e com maior estrutura, que conseguem dissipar o aumento de combustível de forma mais equilibrada.

Aumento no preço dos pneus

Além dos combustíveis, outro aumento recente que impactou o setor logístico foi o do preço de pneus. Em razão do desabastecimento que já vinha ocorrendo no período da pandemia, muitos profissionais e empresas tiveram que encarar um crescimento considerável na reposição da peça.

Agora, com todas as consequências que a guerra no leste europeu está trazendo ao mundo, dificilmente o valor dos pneus terá uma diminuição em curto prazo. Muito pelo contrário. É esperado que os preços continuem em uma crescente pelos próximos meses.

Enfim, além de todo prejuízo humanitário que qualquer conflito traz, a guerra da Rússia x Ucrânia ainda pode representar uma grande mudança nas operações logísticas de todo o mundo. Como vimos ao longo do texto, mesmo o Brasil estando bem longe do local do conflito, os impactos já estão interferindo cada vez mais na rotina de empresas, clientes e sociedade em geral.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e saiba agora como economizar combustível no dia a dia da sua empresa.

maio amarelo trânsito

Maio Amarelo: Atenção pela vida

Nascido com uma proposta de conscientização sobre os perigos da imprudência no trânsito, o Movimento Maio Amarelo se fortalece a cada ano e busca diminuir um dos problemas mais graves do Brasil atual: o alto índice de mortes e feridos nas estradas e rodovias.

Uma ação importantíssima, ainda mais se formos considerar os números mais recentes. Por exemplo, só em 2021, foram mais de 63.447 ocorrências registradas nas estradas do país, mil casos a mais que em 2020.

Para quem está diariamente no trânsito, como motoristas, caminhoneiros e passageiros, o cenário se torna ainda mais preocupante, pois há uma sensação de impotência em relação à solução do problema.

Em razão disso tudo, iniciativas como o Maio Amarelo são criadas para trazer mais conscientização por parte de todos os envolvidos e, em médio prazo, mudar essa realidade.

Continue lendo e entenda tudo sobre o Movimento Maio Amarelo.

Boa leitura!

O que é o maio amarelo?

Em 2011, mais precisamente no dia 11 de maio, a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu a data como a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A partir disso, os países participantes da ONU tomaram o mês de maio como referência mundial para o balanço das ações relacionadas à diminuição da violência no trânsito.

Aqui no Brasil, aproveitando o movimento iniciado pelas Nações Unidas, o Poder Público e a sociedade civil se juntaram para criar o Maio Amarelo, uma campanha de conscientização que tem como objetivo tornar o trânsito mais seguro para todos os usuários.

Com o Maio Amarelo, espera-se maior discussão e seriedade sobre a pauta de segurança viária, bem como uma mobilização que envolve os mais variados segmentos, por exemplo:

  • órgãos de governos;
  • entidades de classe;
  • profissionais;
  • associações;
  • federações;
  • empresas.

Quais são as características do maio amarelo?

Assim como outras campanhas, o maio amarelo tem suas próprias características que reforçam o seu objetivo e tornam mais fácil o entendimento por outras pessoas. Confira abaixo.

Nome da campanha

A ideia de utilizar uma junção de “mês e cor” vem do sucesso de outros movimentos que adotam esse mesmo sistema, tais como, o Novembro azul e o Outubro rosa – que alertam sobre o câncer de próstata e mama, respectivamente.

Embora não fale sobre uma doença específica, o maio amarelo estimula à promoção de atividades voltadas ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro e fora do trânsito – não é uma doença, mas é um mal que assola a nossa sociedade.

Marca da campanha

O “maio amarelo” é simbolizado por um laço na cor amarelo, também seguindo a lógica de outras campanhas. Porém, o amarelo em questão é uma alusão à uma das cores do semáforo, justamente àquela que pede “atenção” aos motoristas.

Em outras palavras, a escolha proposital da fita amarela tem o intuito primordial de alertar para o fato de que a sociedade precisa tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia, incentivando assim cada cidadão a agir com mais segurança e responsabilidade, protegendo a sua própria vida e a das demais pessoas.

O trabalho da RDR para aumentar a segurança dos seus colaboradores no trânsito

Como dito ao longo do texto, o maio amarelo é uma campanha de conscientização, dessa forma, ela só se torna efetiva quando empresas, motoristas e demais usuários do trânsito seguem suas informações.

A RDR Soluções Logísticas entende isso e faz a sua parte para trazer mais segurança para os seus colaboradores que estão diariamente nas estradas e rodovias do país.

Esse cuidado pode ser comprovado até mesmo a partir dos tópicos 1, 2 e 5 do nosso Código de Conduta, que falam, respectivamente:

Padrão de conduta: conduzimos as nossas operações com intuito de manter e construir parcerias sólidas… se adequando às condições de mercado e as necessidades de nossos clientes, respeitando as leis, a vida e o meio ambiente

Cumprimento da Lei: todos os funcionários, colaboradores e parceiros estão obrigados a trabalhar em conformidade com as leis.

Saúde e Segurança: a empresa cumpre e determina aos seus funcionários toda e qualquer atendimento à legislação e às boas práticas de saúde e segurança. Utiliza dos programas PPRA- Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e PCMSO- Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional para nortear suas ações.

Além disso, a RDR investe em ferramentas de rastreamento e comunicação para que os motoristas tenham um suporte contínuo durante os serviços de coleta e entrega de mercadorias.

Enfim, com o maio amarelo é possível fugir das falácias e discutir o tema sobre segurança no trânsito de maneira efetiva dentro da sua empresa. Lembre-se: sem a participação de todos, o movimento torna-se apenas uma ação decorativa. Então, engaje suas equipes, parceiros e clientes nesse importante tema.

Gostou do artigo? Então continue no nosso blog e saiba agora como aplicar a liderança positiva na logística da sua empresa.

gestão logística

Liderança Positiva na Logística: Como aplicar

Embora a liderança positiva na logística já seja utilizada em algumas empresas, é fato que o conceito ainda é pouco difundido entre profissionais do setor. Uma realidade, de certa forma, preocupante, tendo em vista os diversos benefícios que essa prática pode trazer para gestores e equipes.

A liderança positiva está ligada à Psicologia Positiva, uma ciência, segundo especialistas, focada na experiência subjetiva positiva. Ou seja, o trabalho da Psicologia Positiva se concentra no entendimento e no desenvolvimento de fatores que ajudam uma pessoa prosperar e ser feliz. A liderança positiva na logística é aplicação desse conceito dentro do setor.

Quer entender mais sobre a liderança positiva na logística e os benefícios dela para a sua empresa? Então, continue com a gente e confira o nosso artigo completo sobre o assunto.

Boa leitura!

O que é a liderança positiva?

Como dito, a liderança positiva está ligada à Psicologia Positiva, uma ramificação aplicada, principalmente, dentro do mundo corporativo. O conceito aqui é o mesmo da ciência principal, com a busca e o entendimento sobre os pontos que motivam e melhoram a rotina de uma pessoa.

O gestor que aplica a liderança positiva o faz a partir de uma visão mais apreciativa dos potenciais dos seus liderados, das suas capacidades humanas e motivações, trabalhando para amplificá-las e tornar mais saudável e produtiva a rotina de trabalho de suas equipes.

Em termos mais simples, a Liderança Positiva nada mais é do que a antiga liderança com base no princípio de uma nova perspectiva. Ao invés de simplesmente identificar os pontos fracos dos colaboradores e iniciar um trabalho de recuperação, você foca nas virtudes e as torna ainda mais fortes.

Dessa forma, com os seus potenciais amplificados, a tendência é que os liderados se tornem mais produtivos, satisfeitos e felizes com o trabalho desenvolvido no dia a dia.

Quais as vantagens da liderança positiva na logística?

O setor logístico é conhecido pela sua alta exigência, visto como uma “máquina que não pode parar”. É fato que essa visão de trabalho acaba trazendo consequências negativas a médio prazo, como cansaço contínuo e queda de rendimento.

Nesse sentido, a liderança positiva na logística é bastante interessante, pois ela consegue trabalhar pontos que evitam ou minimizam essas consequências negativas.

Para entender melhor, confira algumas das vantagens de aplicar esse conceito no setor logístico da sua empresa.

Maior produtividade

Com a liderança positiva você trabalha uma visão naquilo que o seu colaborador tem de melhor, o seu potencial. Logicamente, o resultado a longo prazo dessa incursão é um funcionário muito mais preparado para os desafios logísticos.

Você deve saber bem que um profissional que inicia a sua rotina mais confiante, ciente das suas capacidades, tende a entregar melhores resultados e ser mais produtivo do dia a dia.

Ambiente de trabalho mais saudável

A Psicologia Positiva é a ciência que foca nos pontos de prosperidade de uma pessoa. Ou seja, entre outros fatores, o trabalho tem o objetivo de melhorar a saúde mental das pessoas envolvidas.

Em um ambiente de alta exigência como a logística, esse tipo de estratégia é capaz de fazer grandes mudanças nos colaboradores e na empresa como um todo. A partir da positividade baseada em uma ciência, você consegue construir um ambiente mais saudável e acolhedor, algo importantíssimo para qualquer profissional.

Alcance de objetivos plenos

Com uma equipe mais preparada, satisfeita e um ambiente de trabalho saudável, sem dúvida, a conquista dos objetivos se torna mais real. E não apenas metas empresariais, como aumento da lucratividade e diminuição dos desperdícios, mas também os objetivos individuais de cada profissional.

Afinal, em uma equipe qualificada é mais fácil que cada membro atinja sua meta pessoal, que pode ser desde mais produtividade própria até um crescimento hierárquico.

A empresa por sua vez, só tem a ganhar com o alcance desses objetivos individuais, pois, consequentemente, impulsiona seus resultados e diminui a taxa de métricas negativas como churn e turnover.

Enfim, a liderança positiva na logística é o tipo de conceito que só traz vantagens para a sua empresa. Uma filosofia que desenvolve uma visão nova para os gestores, permitindo que eles consigam trabalhar corretamente os pontos que realmente fazem diferença para o crescimento e satisfação de suas equipes.

Gostou de entender mais sobre liderança positiva? Continue no nosso blog e conheça agora 5 dicas para se tornar um profissional de sucesso ainda este ano.