transporte de cargas eletronicas

Transporte de Eletrônicos: 5 cuidados que você precisa saber

A movimentação de cargas, em si, já é um processo que demanda atenção. Mas, quando se trata do transporte de eletrônicos, os cuidados precisam ser ainda maiores. As características dos produtos alimentares que o transportador tenham expertise para garantir uma operação bem definida .

Em geral, equipamentos eletrônicos até apresentar uma estrutura física forte, com parte externa de metal. No entanto, além de serem itens de alto custo, o que chama a atenção para a segurança, uma pequena avaria pode ser o suficiente para que os produtos não sejam aceitos no destinatário.

Então, como garantir um bom transporte de eletrônicos? Quais cuidados devem ser tomados pelo fabricante ou revendedor na hora da movimentação da carga? Continue lendo e confira 5 práticas essenciais.

Boa leitura!

1. Análise de riscos

Como bem diz o ditado: “O precavido não é pego de surpresa”. E quando você precisa enviar cargas de altos valores para vários lugares do país, ser precioso é uma ótima ideia.

Assim, uma das primeiras atitudes a se tomar quando falamos de transporte de eletrônicos é avaliar os riscos inerentes à operação. Iniciando, logicamente, pelas próprias características dos produtos, analisando os principais pontos fracos, por exemplo: temperatura, empilhamento etc.

Conhecendo quais fatores afetam a integridade dos produtos, parta para outras situações determinantes durante uma viagem, tais como:

  • acompanhamento dos veículos de transporte;
  • condições internas dos caminhões;
  • segurança nas estradas.

2. Rastreamento dos caminhões

Tendo conhecimento sobre os principais pontos de risco, o próximo passo é a resolução de cada um deles. Claro, nem sempre será possível solucioná-los por completo, mas é possível minimizá-los.

O rastreamento de cargas, por exemplo, é uma das ações essenciais a se tomar dentro do transporte de eletrônicos. Como você sabe, são itens de alto valor e bastante visados por ladrões de beira de estrada.

Além de trazer maior segurança para a carga e para o motorista, o rastreamento também é importante para a comunicação. Com ele, o destinatário poderá se manter sempre informado sobre o andamento da viagem.

3. Criação de rotas mais seguras

O rastreamento de cargas é fundamental, mas sozinho ele não é o suficiente para minimizar os riscos em relação à segurança da carga. O transporte de eletrônicos exige um planejamento prévio muito mais apurado, com a criação de rotas mais seguras e mais rápidas para os caminhões.

A parte interessante é que essa definição de rotas pode ser feita utilizando informações fornecidas pelos próprios motoristas. Um mescla de experiência prática com dados obtidos por outras fontes:

  • dados de jornais e sites especializados;
  • imagens de satélite (aplicativos);
  • dados dos órgãos de segurança.

A criação de rotas é importante para a segurança da carga, bem como para o cumprimento dos prazos. Quanto mais segura, bem sinalizada e pavimentada a estrada, menor a chance de contratempos pelo caminho.

4. Proteção / Embalagem dos produtos

Como falamos, os produtos eletrônicos não são necessariamente frágeis, como itens de vidro, por exemplo. Mas, a sua comercialização depende muito da questão estética. Uma avaria é o suficiente para que o produto seja considerado impróprio para a venda.

Por isso, outro dos cuidados primordiais dentro do transporte de eletrônicos diz respeito à proteção individual dos itens. Embora seja comum que cada produto já conte com a sua própria embalagem, é preciso que haja um reforço no momento do transporte.

Uma das opções mais utilizadas nesse sentido é o plástico bolha, um material que reforça a embalagem original e ajuda a diminuir os impactos da viagem nos produtos, um item de ótimo custo-benefício.

5. Empresa com expertise no transporte de eletrônicos

Todos os cuidados apresentados até aqui são essenciais para aumentar a segurança dos produtos eletrônicos. Porém, não há como negar que se trata de medidas que demandam tempo e aporte financeiro. E caso você erre em alguma estratégia, os lucros da empresa só diminuem.

Nesse sentido, a contratação de uma empresa especializada no transporte de eletrônicos acaba fazendo muita diferença. A partir de uma terceirização você repassa todos esses cuidados para uma especialista e tem a tranquilidade de focar na venda de mais eletrônicos.

Mas, não é apenas uma questão de passar o bastão. Com uma transportadora terceirizada, você não precisa investir em caminhões próprios, gastar com manutenção ou gasolina, ou mesmo investir em softwares de rastreamento. Tudo isso fica por conta do parceiro transportador.

Você garante uma movimentação de carga segura, eficiente e com redução de custos.

Enfim, os cuidados com o transporte de eletrônicos devem ser uma preocupação séria para qualquer empresa que fabrique ou revenda esse tipo de produto. Não arrisque desnecessariamente a segurança da sua equipe, dos seus produtos ou os lucros do seu negócio. Siga boas práticas e conte com uma transportadora especialista na sua operação.

Entre em contato com a RDR Soluções Logísticas e saiba como podemos ajudar no seu transporte de eletrônicos .