dicas de planejamento logístico

Planejamento Logístico 2021: Por onde começar?

Embora 2020 tenha sido um ano complicado, no mundo corporativo ele serviu para mostrar o quanto um trabalho prévio é essencial para qualquer negócio. Empresas que estavam mais preparadas tecnologicamente e estrategicamente conseguiram sobressair às demais. Por isso, para 2021, mais do que nunca, um bom planejamento logístico tende a fazer muita diferença.

O fato é que diante das incertezas que ainda pairam no ar, como possíveis novas restrições, a logística da sua empresa precisa ser mais estratégica. Não basta seguir o “básico” no próximo ano, é preciso estabelecer uma logística mais prática, mais alinhada às expectativas dos usuários.

Quer saber como fazer isso e por onde começar o seu planejamento logístico 2021? Então, continue lendo e confira as nossas dicas.

Boa leitura!

Por que um ótimo planejamento logístico é fundamental para 2021? O que mudou?

Até o momento do lançamento deste post, o Brasil e o mundo está vivendo um “novo normal”, uma rotina onde há limitações para pessoas frequentarem o mesmo lugar, onde a utilização de álcool em gel deve ser constante, entre outras coisas.

Pode ser que esse “novo normal” acabe no primeiro dia de 2021, mas ele também pode perdurar por anos ou décadas. De fato, não há como saber.

A única certeza é que, independentemente do cenário, o mercado não deixará de ser competitivo. E o ano de 2020 serviu de “teste” para que muitas empresas criassem novas estratégias e diferenciais para suas marcas.

Por exemplo, para se alinhar às necessidades do público diante de tantas restrições, a Amazon e a Walmart desenvolveram técnicas para realizar entregas ainda mais rápidas e baratas – chegando a gerar uma “pequena guerra” entre as duas empresas nos Estados Unidos.

É claro que para megacorporações é fácil criar saídas diante das dificuldades, mas o nível de acerto delas também está ligado à criação de planejamentos completos e inteligentes.

Mesmo com uma empresa mais modesta, em comparação à Amazon, você pode fazer muito mais em 2021. O planejamento logístico é justamente o que lhe dará suporte para reduzir os custos operacionais e, gradativamente, melhorar a velocidade de entrega dos produtos.

Por onde começar o seu planejamento logístico para 2021?

Outra certeza que podemos ter neste momento é que o planejamento logístico de 2021 não pode ser o mesmo de 2020. Até o ano passado, mesmo com algumas crises econômicas e políticas, as mudanças não eram tão substanciais. Você sempre sabia que era necessário aperfeiçoar a equipe de trabalho e melhorar o atendimento ao cliente.

Claro, esses fatores ainda são importantes. Mas o mundo mudou muito em pouco tempo. A “guerra” entre Walmart e Amazon não foi à toa. Os planejamentos logísticos em 2021 devem priorizar a agilidade e a qualidade dos serviços logísticos.

Mas, por onde começar? Confira as nossas dicas.

Armazenagem e estoque

Como explicado, o planejamento logístico para 2021 precisa ser muito mais estratégico. Diante disso, a armazenagem de produto deve ser trabalhada a fim de facilitar ao máximo o processo logístico.

É preciso fazer perguntas como: vale a pena manter um estoque alto em 2021 ou um estoque rotativo está mais alinhado à realidade atual? Como eu posso diminuir o desperdício de mercadorias durante o armazenamento?

Outro item a ser adicionado ao planejamento logístico em relação ao estoque é um posicionamento que possibilite uma saída mais rápida dos produtos, favorecendo o dinamismo das próximas etapas. Aproveite o ano de mudanças para fazer esse tipo de alteração.

Parceiros de transporte

Se a agilidade será um fator essencial no próximo ano, então a definição dos seus parceiros de transporte deve ser prioridade no planejamento logístico de 2021.

Você deve começar avaliando o trabalho dos transportadores em 2020. Analisar o resultado de medidores de desempenho como cumprimento de prazo, avaria de mercadoria, disponibilidade de equipamentos etc.

A partir daí é preciso entender quais se encaixam no “novo normal” logístico, onde as exigências de agilidade e qualidade nas entregas serão muito maiores.

Por fim, alinhe os contratos com aqueles que permanecerão ou busque parceiros que demonstrem capacidade para superar as novas expectativas.

Tecnologia

Uma entrega mais rápida não se faz apenas com caminhões novos e uma armazenagem inteligente, não é mesmo? Você precisa de ferramentas tecnológicas que facilitem o processo, economizem tempo de operação e reduzam os custos – afinal, mesmo não sendo citado diretamente, o controle de custos é um fator inerente a qualquer planejamento logístico.

Esse é mais um ponto que você, como gestor, deve adicionar na hora de escolher novos parceiros logísticos. É importante que as transportadoras sejam adeptas à inovação e tecnologia, possibilitando, por exemplo, que a sua empresa consiga acompanhar o trajeto de entrega e repassar as informações para os clientes.

É claro que a tecnologia também deve estar presente na sua própria empresa. O planejamento logístico precisa ser pensado para um ambiente mais capacitado tecnologicamente, com sistemas de gestão e máquinas que otimizem a rotina operacional.

Enfim, não se deixe enganar pelo cenário de 2020. Enquanto você fica parado diante das incertezas, a concorrência já cria e define um planejamento logístico mais alinhado com as necessidades dos clientes. Então, analise as nossas dicas e garanta um 2021 mais forte e competitivo para a sua marca.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e entenda mais sobre outra tendência para o próximo ano: a logística verde.

Escreva um comentário