dicas de logística 2021

Gestor Logístico: 5 dicas para a sua evolução profissional

O setor logístico normalmente já exige uma rotina intensa para qualquer profissional. Porém, para se tornar um gestor logístico acima de média é preciso superar os desafios corriqueiros e ainda buscar aperfeiçoamentos no dia a dia.

Ainda mais agora, com tantas transformações e novas necessidades, um bom gestor logístico não pode se limitar a dar ordens e fechar acordos aleatórios, a exigência do mercado é muito maior.

Mas, não se preocupe, neste artigo apresentaremos 5 dicas de como aumentar a sua evolução profissional e se tornar um gestor logístico cada vez melhor.

Boa leitura!

 

1. Atualize-se em conhecimento e ideias

Se você é um gestor logístico significa que alcançou um cargo importante dentro do setor, ao mesmo tempo, isso também representa responsabilidade extra em termos técnico. O gestor não é um simples colaborador, ele é uma liderança.

Por essa razão, você deve ir além dos conhecimentos básicos ou ultrapassados, precisa dominar conceitos atuais e que estejam alinhados com as novas necessidades dos clientes e do mercado.

Por isso, se aperfeiçoe através de novos cursos e ideias. Hoje em dia nem é preciso frequentar salas de aula para isso, além do EAD, você tem a opção dos cursos on-line em plataformas de especialização, como o da Sebrae.

2) Seja um gestor logístico parceiro de outros departamentos

É claro que a logística tem suas próprias obrigações e metas, mas você deve ter em mente que todas as áreas contemplam uma mesma empresa. Por esse motivo, jamais lidere o seu setor de forma isolada.

Agir de maneira paralela, além de não ser muito inteligente, também é insustentável, tendo em vista que a logística depende de setores importantes como o Financeiro, Compras, Vendas, entre outros.

Outro ponto é o que o trabalho individual vai contra ao conceito de integralização, muito exigido hoje nas maiores empresas do mundo. Ou seja, o “egoísmo profissional” não pode ser uma característica de um gestor logístico moderno.

Seja parceiro dos demais setores. Mantenha uma comunicação direta e transparente, garantindo que a logística seja beneficiada e beneficie o fluxo de trabalho das outras equipes.

3) Prepare-se uma logística mais dinâmica e menos centralizada

Em 2020 o mundo todo sofreu com as consequências da pandemia do Coronavírus. Agora, 2021 é visto como o ano da recuperação, bem como, o da mudança. Sim, porque após a pandemia, as empresas precisam considerar novas ideias dentro de suas rotinas.

O primeiro ponto é a dinamicidade. Os processos logísticos precisam acontecer com mais agilidade a fim de garantir que os planejamentos sejam cumpridos dentro dos prazos e não corram riscos de prejuízos em eventuais contratempos macroambientes.

Além disso, é preciso superar a limitação presencial. Se teve algo que a pandemia mostrou para o mundo corporativo é a possibilidade real do trabalho à distância. Essa descentralização deve ser uma ideia presente na nova logística, com gestores e outros profissionais podendo trabalhar longe das empresas.

4) Conte com a tecnologia no dia a dia

Falou em modernização ou aperfeiçoamento, é lógico que a tecnologia precisa estar envolvida – na verdade, muitas exigências do mercado atual acontecem em razão da evolução tecnológica. Ser gestor logístico é estar alinhado com essas inovações.

Mas é preciso entender que implementação tecnológica não é o mesmo que investimento aleatório. Não adianta, por exemplo, contar com um sistema de gestão que pouco agrega ao trabalho logístico e acreditar que a sua empresa está de acordo com a era digital.

Primeiramente, a transformação deve partir da gestão, se mantendo atualizada e abraçando as tendências do mercado. Somado a isso, você tem que analisar quais tecnologias são condizentes ao perfil da empresa, garantindo que elas realmente transformem a rotina diária.

O último passo é acompanhar a evolução da sua equipe em relação às novas ferramentas, avaliando o período de adaptação e medindo os resultados através de KPIs.

5. Conte com parceiros alinhados à filosofia da sua empresa

A verdade é que em pleno 2021 ainda há gestores que priorizam preços em detrimento à qualidade na hora de fechar parcerias. Esse é um grande erro, pois com parceiros pouco efetivos a sua logística jamais corresponderá às necessidades atuais dos clientes.

Preze por transportadoras e fornecedores que estejam alinhados à filosofia da sua empresa. Pense no investimento de tempo e dinheiro que você fez para se aperfeiçoar, melhorar a sua equipe e transformar a empresa tecnologicamente. Sem um parceiro que não trabalhe dentro da mesma ideia de evolução, todo esse investimento pode não ser suficiente.

Nesse sentido, além do preço e do histórico de serviço, na hora de fechar novos contratos, analise a gestão da outra empresa. Verifique quais ferramentas são utilizadas no dia a dia e qual é o nível de qualidade exigido para as equipes de trabalho.

Enfim, ser um gestor logístico não é uma tarefa simples. Isso é um fato. Porém, com aperfeiçoamentos e atualizações, a tendência é que o trabalho fique menos complexo e muito mais efetivo. Então, analise as dicas apresentadas e melhore a sua rotina de trabalho gradativamente.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e confira agora algumas tendências para o setor logístico.

Escreva um comentário