Logística Inbound e Outbound: Entenda esses conceitos

Dominar conceitos e práticas sobre a logística Inbound e Outbound é uma forma inteligente de garantir uma cadeia de suprimentos bem trabalhada e que consegue trazer resultados importantes para a sua empresa.

Afinal, muitos gestores cometem o pecado de trabalhar os processos de maneira única, acreditando que assim terão maiores vantagens. Um ledo engano. Nos dias atuais, o conhecimento detalhado sobre as diferentes atividades dentro da logística é o que torna uma marca forte e competitiva.

Para ajudar você a entender melhor esse assunto, a seguir, apresentaremos as definições da logística Inbound e da logística Outbound, além de outros pontos relevantes sobre o assunto. Continue com a gente e confira.

Boa leitura!

O que é a logística Inbound?

A logística Inbound diz respeito às etapas iniciais da cadeia de suprimentos. Ou seja, tudo aquilo que acontece antes de a matéria-prima ou o produto finalizado chegar até a empresa, bem como, as atividades correlacionadas. Exemplos de processos que trabalham dentro da logística Inbound:

  • avaliação e negociação com fornecedores;
  • pesquisa de preço pelo setor de compras;
  • transporte do fornecedor até o galpão;
  • análise e recebimento de insumos;
  • estocagem de materiais.

Em outras palavras, é um planejamento que se preocupa com a aquisição e a locomoção dos itens até chegarem ao armazém da empresa, seja para fabricação ou distribuição para o cliente final — é algo semelhante a uma logística interna.

Qual a importância e a vantagem da logística Inbound?

Como explicado, a logística Inbound lida diretamente com a aquisição e movimentação de matéria-prima e/ou produtos finalizados.

Por cobrir etapas iniciais da cadeia logística, ela ganha grande destaque no que tange o capital financeiro da empresa. Afinal, é a partir dessas ações que o negócio começará a concretizar os outros processos. Uma escolha errada aqui pode dificultar o andamento de outras atividades.

As vantagens de estudar e entender o funcionamento da logística Inbound giram em torno exatamente da estabilidade do negócio. Ao controlar as informações e processos nessas etapas iniciais, você consegue:

O que é a logística Outbound?

Já a logística Outbound trabalha como uma sequência direta da logística Inbound. Basicamente, é a parte que se preocupa em levar o produto criado ou recebido para o cliente final.

O trabalho é tão intenso quanto na logística Inbound, necessitando de ótimos planejamentos para garantir que a mercadoria chegue dentro do prazo aos centros de distribuição, pontos de apoio e consumidores finais. Entre os processos englobados, estão:

  • negociação de vendas dos produtos para comerciantes e parceiros;
  • contratação de empresas de transporte;
  • movimentação e definição de rotas;
  • embalagem e endereçamento;
  • emissão de notas fiscais;
  • rastreamento de cargas;
  • logística reversa.

Apesar de não ser uma exclusividade, o Outbound é onde a empresa se aproxima muito do cliente final. Por esse motivo, a eficácia no planejamento é de suma importância para garantir uma experiência completa e atender as expectativas do usuário.

Qual a importância dos parceiros na logística Inbound e Outbound?

Tanto na logística Inbound quanto na Outbound a contribuição dos parceiros é algo essencial para o sucesso dos planejamentos de uma empresa. É possível afirmar que, sem eles, muitas etapas nem seriam iniciadas.

Na logística Inbound, a relevância dos parceiros se dá por meio dos fornecedores e transportadores. Embora os fornecedores sejam mais presentes aqui — vendendo matéria-prima e produtos finalizados —, as transportadoras também são necessárias para garantir uma aquisição dentro do prazo.

Já no Outbound, a participação de um parceiro especializado em transporte logístico é primordial. É o trabalho dele que definirá se todos os esforços anteriores valeram a pena ou foram em vão. Não só isso, a experiência do cliente está muito ligada ao trabalho do transportador.

De qualquer forma, independentemente do processo dentro da cadeia logística, o relacionamento com essas empresas deve ser sempre saudável e transparente, garantindo que toda jornada aconteça como esperado.

Enfim, entender a diferença entre a logística Inbound e a logística Outbound é imperativo para que a sua empresa não desperdice esforços e nem investimentos em processos que não trarão real valor para o negócio. Somado a isso, é a partir desse conhecimento avançado que você tomará as melhores decisões em relação à contração de fornecedores e transportadoras para a sua empresa.

Gostou do artigo? Que tal entender agora como as novas tecnologias podem impactar o setor de compras da sua empresa?

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *