Setor de Compras x Dados: Entenda a importância da integração

Embora cumpra um papel de extrema importância, o Setor de Compras nem sempre recebe a devida atenção em termos de investimento. É algo semelhante com que já acontecera à logística, que mesmo sendo crucial, era vista sempre como uma área meramente auxiliar.

Com as “Compras”, alguns proprietários são tão negligentes que nem mesmo trabalham com uma gestão própria para o setor. Esse é um tipo de visão equivocado, que dificulta o aperfeiçoamento do trabalho e atrasa iniciativas importantes, como o uso de dados.

Hoje, as principais líderes de mercado já sabem a importância do compartilhamento de dados para o sucesso de suas atividades, incluindo no Setor de Compras. Por isso saem na frente das demais marcas.

Para explicar melhor o assunto, criamos este artigo discorrendo sobre a influência dos dados na área de Compras.

Boa leitura!

Qual a importância do Setor de Compras para uma empresa?

No passado, o Setor de Compras se limitava muito a aquisição dos produtos que a empresa precisava — dentro do orçamento permitido. O objetivo era, basicamente, garantir que não houvesse ruptura de itens — seja de matéria-prima ou de produtos finalizados.

No entanto, com a evolução do mercado e a intensificação da concorrência, o Setor de Compras teve que cumprir um papel mais estratégico a fim de continuar garantindo a aquisição das mercadorias, mas com um alinhamento maior aos objetivos centrais do negócio.

Com isso, ele se aproximou da logística e ganhou ainda mais importância na tomada de decisões dos gestores.

A relevância do setor passou a ser ainda maior, pois o seu trabalho começou a impactar diretamente não só a produtividade da empresa, como também na competitividade da marca e no relacionamento com o cliente.

Mas, infelizmente, nem todos os gestores e proprietários entendem essa necessidade de crescimento do setor. Alguns ainda acreditam que o “investimento básico” é o suficiente para a equipe de Compras continuar desenvolvendo seus serviços.

No entanto, aqueles que abraçam a constante inovação e trabalham para se adaptar o mais rápido possível à transformação digital, sabem que um dos caminhos para o sucesso é investir em automatização e integração de dados.

Por que manter todos os dados integrados?

A era tecnológica não é uma tendência ou algo futurístico, é uma realidade. Hoje, estamos completamente conectados. O próprio fato de você ler este texto no smartphone ou notebook e poder compartilhá-lo nas redes sociais ou em outros aplicativos já corrobora com essa afirmação.

Não há como fugir disso. E quanto mais tempo estamos conectados e realizando diferentes atividades, mais dados são gerados. E esse é um ponto que toda empresa deve ficar atenta.

Assim como em qualquer outro lugar atualmente, na rotina de uma empresa, são gerados diferentes dados por dia. Por exemplo, a logística negocia prazos de entrega e de coleta, o financeiro analisa o fluxo de caixa e a equipe de estoque confere os números do último inventário.

Embora sejam setores diferentes, todas essas informações acabam se complementando e formando um grande suporte para a tomada de decisões.

É exatamente essa base que faz toda diferença, por exemplo, no trabalho do Setor de Compras. Um banco de dados atualizado com informações relevantes facilita e muito as ações da gestão e ajudam a trazer os resultados positivos tão esperados.

Uma integração de dados tem tudo a ver com o cenário atual, pois, na prática, já fazemos isso diariamente e em situações supérfluas. Empresas profissionais devem ser a primeira a enxergar a importância e a necessidade desse tipo de investimento.

Quais as vantagens da integração de dados para o setor de compras?

Para acabar com qualquer tipo de dúvida, confira algumas vantagens que a integração de dados pode trazer para o Setor de Compras.

Análise do histórico de pedidos

Com a automatização e integração de dados, todas as informações geradas pela empresa ficam armazenadas de maneira segura, gerando um grande histórico. Com isso, o Setor de Compras pode analisá-las antes de realizar novas solicitações.

Nesse cenário, as negociações tendem a ser mais produtivas e dentro de preços mais atraentes para a empresa.

Agilidade nas transações

Se você tem informações atualizadas, então tem tudo. Com o compartilhamento, não há mais necessidade de esperar uma resposta do setor A ou B. Tudo se torna mais dinâmico. Basta puxar a informação requerida e seguir com as transações.

Monitoramento dos pedidos de compra

Em uma empresa que investe na integração de dados, todos os setores envolvidos com a aquisição de mercadorias podem trabalhar com maior tranquilidade.

Informações sobre os pedidos de compra, por exemplo, são compartilhados entre todos, permitindo que haja uma organização individual e coletiva a fim de agilizar atividades futuras.

Enfim, os dados sempre foram algo intrínseco ao Setor de Compras, a tecnologia só trouxe novas oportunidades de uso para as empresas. Mas nenhum bom resultado acontecerá se não houver uma gestão que abrace a inovação e se alie a parceiros logísticos que sigam a mesma linha de ação. Por isso, não fique para trás e garanta a alta competitividade da sua marca.

Gostou do artigo? Que tal agora entender melhor como o Marketing e os dados podem transformar o seu negócio?

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *